GUIA Completo – Como estruturar o setor financeiro

GUIA Completo – Como estruturar o setor financeiro

Este não pretende ser um Guia definitivo de Como Estruturar seu Departamento Financeiro, único e infalível. Não, este guia serve para você conseguir montar um departamento financeiro em sua empresa.

Nós vamos explicar e abordar vários temas como:

  1. o que é um departamento financeiro e a sua importância
  2. em seguida, mostraremos como montar uma equipe para essa área.
  3. por fim, destacaremos quais são os cargos e ocupações e como você pode automatizar o setor.

Acompanhe-nos.


As pessoas sempre nos perguntam:

  • Como estruturar o setor financeiro?

  • Como estruturar o departamento financeiro de uma empresa?

  • Quais são os setores do departamento financeiro?

  • O que a área financeira de uma empresa faz?

  • Qual é importância de um setor financeiro bem estruturado em uma empresa?

  • Qual a importância das Finanças nas organizações?

Entre outras dezenas de dúvidas comuns sobre o setor financeiro dentro de uma empresa, organização. Se você está aqui é por que deseja saber:

Como estruturar o setor financeiro de uma empresa? Não é mesmo!

Entenda cada uma das principais rotinas deste setor indispensável e estruture seu setor financeiro da forma mais produtiva possível.

Então. Você sabe como estruturar o setor financeiro da sua empresa? Sem dúvida, trata-se de um dos departamentos mais importantes por parte das organizações.

Então, vem com a gente!

Fazer a gestão de uma empresa é algo bastante desafiador. É preciso que o empreendedor desenvolva inúmeras habilidades e dê conta de cumprir inúmeras atividades de vários setores ao mesmo tempo. Nesse cenário, um dos departamentos mais importantes é o financeiro, que é o coração de qualquer negócio.

Isso significa que cuidar da saúde financeira de um determinado empreendimento é essencial para que a organização tenha prosperidade, principalmente se ela quer crescer de forma contínua e sustentável, conquistando mais faturamento e lucros.

Vamos explicar o que é um departamento financeiro, como funciona e a sua importância dentro de qualquer organização seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

O que é um departamento financeiro?

Um departamento financeiro é um setor específico de uma empresa, que pode ser considerado o coração da organização. Isso quer dizer que um negócio só consegue sobreviver se essa área estiver saudável, ou seja, se apresentar resultados que possibilitem que uma companhia conquiste os resultados esperados.

Dentro dessa área, existem diversas particularidades e atividades, como a tesouraria, o contas a pagar e receber, os níveis de maturidade da gestão orçamentária, a captação e os investimentos de recursos, entre outras. É essencial para qualquer organização, pois têm relação direta com os demais departamentos da empresa, como administrativo, recursos humanos, marketing e vendas.

Em outras palavras, é o setor responsável pela administração dos recursos da organização. Entre as suas tarefas, pode-se destacar que a principal é assegurar o capital necessário para que a empresa seja e mantenha-se competitiva no mercado, trabalhando para conquistar faturamento no curto, médio e longo prazos.

A estrutura desse setor, os números de funcionários e as tarefas dessa área dependerão diretamente do tamanho do negócio. Em micro e pequenas empresas, por exemplo, é bem comum que o próprio dono seja o responsável pelas atividades financeiras, embora essa seja uma decisão um tanto quanto arriscada.

Afinal, é indispensável acompanhar de perto e de forma contínua os números financeiros da organização e, quando um profissional acumula funções, aumentam as chances de ele deixar passar detalhes relacionados ao fluxo de caixa e ao capital de giro, por exemplo, o que pode comprometer a saúde financeira do negócio.

A seguir, mostramos mais detalhes relacionados a essa questão, pois mostraremos como funciona o setor financeiro de uma empresa.

Como funciona o setor financeiro de uma empresa?

Um departamento financeiro é comandado por um CFO (ou Chief Financial Officer), ou seja, um diretor que responde pelas atividades e pelos resultados que o setor apresenta. Basicamente, o CFO será responsável por três áreas e suas respectivas subáreas, conforme veremos a seguir:

  1. Tesouraria: é a parte que tem a responsabilidade de administrar o caixa da empresa e onde ficam alocadas atividades como as contas a pagar e a receber, o fluxo de caixa e a análise de crédito;
  2. Controladoria: a área executa o controle financeiro e tem sob a sua responsabilidade o planejamento, a contabilidade, o controle do orçamento e os custos da organização;
  3. Fiscal: departamento responsável por, entre outras questões, observar e cumprir a legislação e controlar a emissão de notas fiscais.

Entre as atividades desempenhadas no setor financeiro, destacamos a seguir as principais. Confira!

  • Controle bancário: nesse caso, o colaborador da empresa tem a responsabilidade de realizar o controle das mais diversas movimentações bancárias, de forma que se verifiquem todo o capital disponível para a empresa. Com isso, é possível tomar decisões mais efetivas;
  • Planejamento financeiro: trata-se de um processo para criar determinadas estratégias e desenvolver ações para resolver um problema ou atingir um objetivo. Na área financeira, o planejamento é fundamental para criar o fluxo de caixa, além de buscar alternativas de financiamentos e investimentos e analisar a estrutura de recursos da empresa;
  • Contas a receber: tem a missão de controlar os créditos a receber, que se originam das vendas realizadas a prazo;
  • Contas a pagar: executa o objetivo de controlar os recursos que a empresa deve a funcionários, fornecedores, por exemplo, e contempla questões como os impostos;
  • Tesouraria: faz o controle de toda a contabilidade e realiza o armazenamento do capital da organização;
  • Auditoria: avalia e revisas as viabilidades do negócio como um todo, com o objetivo de garantir a fidelidade dos registros e possibilitar a credibilidade que os relatórios financeiros e administrativos requerem;
  • Faturamento: setor que cuida de todas as vendas que a organização efetivou em um determinado período.

Qual a importância do departamento financeiro para as empresas?

Dentro do sistema financeiro empresarial, existem alguns preceitos básicos que devem ser seguidos.

Por exemplo:

  • não deve-se gastar mais do que os próprios recursos;
  • não ter informações ou dados corretos pode fazer com que as decisões sejam feitas de forma precipitada ou errada;
  • é necessário fazer investimentos para crescer, mas os investimentos corretos.

De um lado, podemos afirmar de que essas premissas são indispensáveis para uma boa gestão das finanças empresariais. De outro, é válido destacar que essas questões acabam sendo descuidadas muitas vezes, o que traz diversos riscos para a viabilidade do negócio.

É por essas e outras que a gestão financeira é tão importante para uma empresa. Mais do que determinar as situações presentes do negócio, ela também é crucial no que diz respeito às questões futuras da organização.

Por isso, é indispensável que os profissionais da área estejam preparados para lidar com todos os movimentos financeiros do negócio. Dessa forma, com as informações certas em mãos, é possível tomar as melhores decisões que sejam cruciais para o crescimento do empreendimento.

O princípio de tudo, portanto, encontra sua base no registro dos dados financeiros e em suas devidas finalizações. Sem isso, não será possível contar com uma boa gestão financeira.

São essas informações que permitirão, além das boas decisões, um efetivo acompanhamento dos indicadores de desempenho financeiro.

Outra questão que faz com que o setor financeiro seja essencial para a empresa é a estratégia organizacional. Afinal, todo negócio precisa de uma estratégia para se desenvolver e crescer. Para isso, é imprescindível contar com dados financeiros confiáveis.

Mais um ponto de extrema importância do setor financeiro para a empresa diz respeito às decisões que direcionam a organização para o sucesso. Entre as principais decisões financeiras, destacam-se:

  • para onde direcionar os lucros líquidos;
  • onde realizar os investimentos;
  • onde buscar financiamentos.

Dessa forma, considerando em que todo negócio existem fortes movimentações financeiras, é essencial que o gestor da área esteja integrado com todos os setores da companhia, de forma que seja nutrido com dados relevantes para o presente e o futuro do negócio.

Gostou desse artigo? Comece agora aplicar essas dicas e fazer sua gestão financeira por 60 dias gratuitamente na plataforma da DC System.

Fonte: Fortes Tecnologia

Was this post helpful?

Sumário
Título do artigo
Guia Como Estruturar seu Departamento Financeiro
Descrição
Você sabe como estruturar o setor financeiro da sua empresa? Sem dúvida, trata-se de um dos departamentos mais importantes por parte das organizações.
Autor
Nome do editor
DC System

Tainá DCSystem

Marketing Digital / Comercial

Ei, não vá embora ainda! Não saia sem antes conhecer nossa solução!

Sistema Gestão Financeira 100% Online

NÃO PERCA A OPORTUNIDADE. FAÇA LANÇAMENTOS FINANCEIROS AUTOMÁTICOS EM SEGUNDOS!

Abrir

Consultores DC System

Preencha seus dados corretamente

Seu nome (obrigatório)


Telefone/Celular com ddd(obrigatório)